Suspeito de matar mulher, filha, neto e amante é preso em CG

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de Campina Grande – DRE/CG e apoio da 1ª Delegacia Distrital de Campina Grande, prendeu no início da tarde de hoje, Hermenegildo Gonçalves da Silva, de 55 anos.

O suspeito, que já foi condenado pelo assassinado de sua esposa e o amante dela, retornou ao município de Lagoa do Ouro, em Pernambuco, onde, desta feita, matou nessa madrugada, por volta das 4h, sua filha Francisca Rodrigues da Silva e o neto, Arthur Matheus Rodrigues Ribeiro.

Após o crime, Hermenegildo fugiu, passando por diversos terminais rodoviários e pontos de transporte alternativo, como forma de evitar ser preso em flagrante.

Os assassinatos geraram comoção em Pernambuco e mobilização das forças policiais. A Polícia Civil de Pernambuco, então, repassou informes aos agentes desta Delegacia de Repressão a Entorpecentes de Campina Grande, dando conta que Hermenegildo, dentre outras rotas de fuga, poderia estar se dirigindo a Campina Grande, para então evadir-se para outra cidade.

Os policiais, então, montaram vigilância no Terminal Rodoviário de Campina Grande desde as primeiras horas da manhã e por volta das 13h30 conseguiram prender o suspeito, quando ele desembarcava de um ônibus interestadual.

Preso, Hermenegildo confessou os crimes aos policiais no vídeo abaixo:

INFORMAÇÕES: PARLAMENTOPB

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta