“Plantão de fome”: Associação de policiais civis diz receber menos que R$6 da PM

Assim como policiais militares, que recebem R$6 por hora extra, os policiais civis da Paraíba estão reclamando de um valor muito baixo de adicional. Segundo a Associação dos Policiais Civis de Carreira (Aspol), o valor pago está entre R$5,60 e R$5,70 por hora de trabalho. Os valores estão ficando conhecidos, entre os policiais, como “extra de fome”. Na semana passada, durante evento em Campina Grande, o governador João Azevedo (PSB) disse que o valor está dentro da média paga na região.

De acordo com o vice-presidente da Aspol, Frank Barbosa, os policiais estão sendo convocados compulsoriamente para o trabalho. “A Polícia Civil da Paraíba tem hoje o pior salário do país. Em função disso, o policial precisa sacrificar o seu dia de folga e aceitar o valor”, explicou em entrevista à Rádio Campina FM.

Frank Barbosa ainda explicou de que maneira o governo estaria fazendo a conta, que segundo ele é injusta em relação ao trabalho desenvolvido. “O Governo pega o salário do policial e divide pelos trinta dias do mês, quando na verdade ele deveria dividir o valor do salário pela quantidade de horas trabalhadas pelo policial”, disse.

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta