Veja quem são os oito mortos no confronto com a PM de Pernambuco na PB

Os oito mortos na operação da polícia militar de Pernambuco com apoio da PM da Paraíba nessa terça-feira (2) eram familiares ou amigos. Eles moravam em Betânia, Agreste de Pernambuco, e cidades vizinhas. Entre os mortos, estava o do vereador Andson Berigue (PP), da cidade de Betânia. Nanaca, como era conhecido, foi eleito em 2016 com 482 votos.

O vereador teria ido até Barra de São Miguel, no Cariri paraibano, resgatar o irmão, conhecido como Galego de Lena, líder da quadrilha e um dos participantes do assalto em Santa Cruz do Capibaribe que terminou com a morte de um policial militar de 32 anos.

Um primo deles, conhecido como Edys de Gevan também foi morto. Também estão entre os mortos um homem conhecido como Wellington Cabeludo, também de Betânia, e duas mulheres identificadas como Marcela Virgina e Raniere Alves, que manteria um relacionamento com Galego de Lena e trabalhou no supermercado assaltado em Santa Cruz do Capibaribe antes da morte do PM. Os outros dois corpos são de José Pedro Agostinho e Manoel José.

Wellington e Galego tinham mandados de prisão expedidos contra eles. O primeiro, por um assalto a uma lotérica na cidade de Carnaíba em 2018. O segundo, pelo sequestro de um funcionário do Bradesco em Custódia, também no ano passado.

Os corpos dos suspeitos ainda foram levados para a UPA de Santa Cruz do Capibaribe. O carro que teria sido utilizado por eles foi encontrado na entrada da cidade de Barra de São Miguel.

De acordo com a PM, além de envolvimento com o grupo criminoso, o vereador era suspeito de vários assaltos a bancos e outros crimes cometidos em Pernambuco.

A quadrilha tinha atuação interestadual e era especializada em assaltos a bancos. Foram apreendidos o dinheiro do roubo em Santa Cruz do Capibaribe, duas pistolas 380, dois revólveres 38 e uma espingarda calibre 12 de repetição, que foi utilizada na ação criminosa.

BLOG DO PP COM PB HOJE
FOTO PB HOJE

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta