Vazão nas comportas de Boqueirão será aumentada para abastecer Acauã

A partir desta quarta-feira (10) a vazão de água nas comportas de Boqueirão vai ser aumentada para dois metros cúbicos por segundo. O aumento foi permitido pela Agência Nacional das Águas (ANA) e vai acontecer pelos próximos 45 dias. O objetivo é liberar oito milhões de metros cúbicos para abastecer o reservatório de Acauã, que atende 12 municípios e uma população de 110 mil habitantes.

De acordo com o presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (AESA), Porfírio Loureiro, o objetivo é garantir segurança hídrica para a região de Acauã até o próximo período chuvoso da região. Segundo ele, a liberação não vai comprometer o abastecimento de Campina Grande e mais 18 municípios que são abastecidos pelo manancial. “Tudo é feito baseado em estudos técnicos e a população pode ficar tranquila”, disse.

Volume e abastecimento via Rio São Francisco

Atualmente Boqueirão está com 24,68% da capacidade máxima, segundo a AESA. O reservatório não está sendo abastecido através do eixo leste da Transposição do Rio São Francisco por conta de problemas em um reservatório que fica no Estado de Pernambuco. Essa semana as bombas foram religadas para um período de testes de 60 dias, o que não significa dizer que a água chegará ao portal de Monteiro durante esse período. A informação foi repassada pelo presidente da AESA.

FOTO ISNALDO COSTA

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta