Casal suspeito de torturar menino de sete anos em Boqueirão é preso

O casal Maria Aparecida Souza Silva (Cida) e Edilson Cosme Albuquerque foram presos preventivamente na manhã desta quinta-feira (18). Eles são suspeitos de torturar e espancar um menino de sete anos que foi encontrado em estado de desnutrição na semana passada na cidade de Boqueirão, no Cariri paraibano.

O menino de sete anos, que é filho da mulher e enteado do homem, teria sido chicoteado, queimado com vela e até amarrado. Uma das linhas de investigações aponta que tudo acontecia pelo simples fato do menino não ser filho de sangue do homem. Tudo aconteceria com o consentimento da mãe do garoto.

O casal foi encaminhado para a sede da Polícia Civil em Queimadas.

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta