Seis em cada 10 funcionários públicos estão nos municípios, aponta estudo

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou na última sexta-feira (6) o resultado de um estudo que analisou dados dos últimos 30 anos e conclui que o número de funcionários públicos no Brasil mais que dobrou. Ao todo, são 11,4 milhões de funcionários públicos nas esferas municipal, estadual e federal. Somente no ano de 2017 foram gastos quase R$ 751 bilhões com o funcionalismo público.

Apenas um em cada grupo de dez funcionários está na esfera federal. O crescimento está concentrado nos municípios, que têm seis entre dez servidores públicos do país. Em 1986, as prefeituras tinham 1,7 milhão de servidores. Em 2017, 6,5 milhões, o que configura um aumento de 276%.

O salário médio no setor público é de R$ 4.200. Houve crescimento real de 23% em três décadas. No setor privado, por exemplo, esse valor caiu um pouco, de R$ 2.500 para R$ 2.400.

No Executivo estão as remunerações mais baixas; no Legislativo, elas já dão um salto; e, no topo, estão os salários do Judiciário.

O levantamento do Ipea pesquisou as remunerações até o teto constitucional, R$ 35 mil. Os extras e gratificações que formam os supersalários não entraram.

BLOG DO PP COM JORNAL NACIONAL (REDE GLOBO)

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta