Vazão baixa deve atrasar chegada de água da Transposição em Boqueirão

A baixa vazão de água no Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco deve atrasar o reencontro da água com o Açude Epitácio Pessoa, Boqueirão, prevista inicialmente para a primeira quinzena de janeiro de 2020. Segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (AESA), no dia 20 de novembro, quando a água voltou a chegar no Portal Monteiro a vazão era de quatro metros cúbicos por segundo e depois caiu para três e meio. Porém, nesse início de semana a vazão é de apenas 1,29 metros cúbicos por segundo.

Diante do atual cenário e sem contar com a possibilidade de chuvas, a água da Transposição só deve reencontrar Boqueirão em fevereiro de 2020, segundo o presidente da AESA, Porfírio Loureiro. “Aquela previsão que eu dei (de chega em janeiro) era com a vazão de 3,5. Com a vazão de 1,29 realmente esse prazo vai se estender. Possa ser que volta ao prazo de janeiro se tiver algumas chuvas na região do Cariri. Mas com essa vazão o prazo vai mesmo para fevereiro”, disse.

A boa notícia, no entanto, é que a água já atingiu o nível de tomada de fundo do Açude de Poções e agora segue em direção ao Açude de Camalaú, o que garante segurança hídrica para milhares de paraibanos que moram na região do Cariri.

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta