Governador anuncia fim de contratos com OS’s após nova fase da Calvário

O governador João Azevêdo concedeu entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (23) no Palácio da Redenção, em João Pessoa, após os recentes desdobramentos da Operação Calvário, que na terça-feira da semana passada teve desencadeada a sétima fase da Operação Calvário (Juízo Final) com a prisão do ex-governador Ricardo Coutinho, que depois foi preso, e mandados de busca e apreensão sendo cumpridos na granja e no próprio Palácio da Redenção. Na oportunidade, ele anunciou que a Secretaria de Saúde do Estado da Paraíba irá encerrar todos os contratos com Organizações Sociais até o mês de fevereiro, de acordo com cronograma já feito.

Já no próximo dia 28 de fevereiro deverá ser encerrado o contrato com o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa. A Secretaria de Saúde deverá assumir a gestão do hospital.

A expectativa do governador é que a Assembleia Legislativa da Paraíba aprove até fevereiro a criação da PB Saúde. Assim que os deputados aprovarem a criação da empresa, ela deverá gerir as unidades de saúde no Estado.

Ele apontou ainda que a proposta de acabar com os contratos com as Organizações Sociais “tem como objetivo resolver dois problemas, a questão das OS’s e a questão dos codificados”.

BLOG DO PP COM CLICK PB

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta