Motivo para morte de professora de capoeira em parque ainda é mistério

Uma professora de capoeira foi assassinada a tiros na tarde do último sábado (1) dentro do Parque Liberdade, em Campina Grande. Cristiane Soares, de 43 anos, estava dando aula quando um homem se aproximou e efetuou cinco tiros que atingiram a vítima na cabeça.

O assassino usava um casaco, chegou ao Parque, perguntou por “Cris” e ao saber onde ela estava se dirigiu a uma das tendas. Depois ele perguntou por “Cris” mais duas vezes e ao identificá-la, sacou um revólver e disparou.

Em seguida o assassino fugiu a pé e do lado de fora pegou um mototaxista. A motivação do crime ainda é considerada um mistério, porém, a  Polícia Civil não descarta a possibilidade de uma razão passional para o crime. O suspeito ainda não foi identificado.

Cristiane foi sepultada sob forte comoção na tarde desse domingo (2) no Cemitério Campo Santo Parque da Paz. Em nota, o prefeito de Campina Grande se disse perplexo e lamentou a morte da professora.

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta