Com 42 leitos, Hospital de Campanha de Campina Grande é inaugurado

O Hospital de Campanha de Campina Grande foi inaugurado nessa terça-feira (12) em solenidade que contou com o prefeito Romero Rodrigues, secretários e vereadores. O evento foi rápido e realizado de maneira que tentasse evitar ao máximo aglomerações, apesar de que em alguns momentos inevitavelmente algumas pessoas estavam mais próximas. A unidade conta com 42 leitos que serão utilizados especificamente para pacientes com covid-19. Em todos os leitos existem pontos de oxigênio e em 20 deles serão instalados respiradores para que sirvam como leitos de UTI. Agora, Campina Grande passa a ter 138 leitos para atender pacientes com coronavírus. Até essa terça, 30% dos 96 leitos do Hospital Pedro I estavam ocupados. Os leitos do Hospital de Campanha só serão utilizados caso os do hospital municipal sejam lotados.

O Hospital de Campanha foi construído em um período de 28 dias. Sessenta funcionários trabalharam diariamente e nos três turnos para que a obra fosse entregue o mais rápido possível. O local é todo de alvenaria e foi instalado emergencialmente onde seria o Centro de Hemodiálise de Campina Grande. Durante a inauguração o prefeito Romero Rodrigues disse que passada a pandemia, o hospital será utilizado para esse fim. Ele foi batizado de Hospital Dr. Virgílio Brasileiro.

A homenagem

Dr. Virgílio Brasileiro, filho de tradicional família de Piancó, foi uma das figuras mais conhecidas e atuantes na medicina de Campina Grande. Pediatra e humanista, era figura bem relacionada na cidade, com relevantes serviços prestados à comunidade campinenses ao longo de décadas de destacado exercício da profissão. Professor universitário, integrou a luta pela fundação da Faculdade de Medicina de Campina Grande.

Virgílio Brasileiro faleceu em outubro de 2017, no Hospital Santa Clara, aos 81 anos, em razão de consequências de uma queda no interior de sua residência, motivando comoção em toda Campina Grande, cidade que ele amava e defendia.

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta