Pré-candidato a prefeito de cidade na PB sofre atentado “não precisa a gente dizer porque né?”

O jornalista e pré-candidato a prefeito do município de São Vicente do Seridó pelo PT, Ediglei Cordeiro, disse ter sofrido um atentado em frente a um estúdio dele na noite dessa quinta-feira (21). O veículo foi alvejado por vários tiros.

Mais cedo, o profissional de imprensa tinha divulgado um vídeo onde dizia que a noite iria divulgar uma verdadeira bomba sobre os bastidores da política local durante o seu programa TRIBUNA DO POVO pelo Facebook.

Enquanto ele estava nos estúdios se preparando para apresentar o programa, quando uma pessoa em uma motocicleta disparou várias vezes, furando a lataria do veículo e quebrando os vidros.

Informações obtidas pelo helenolima.com, dão conta de que a pessoa estava bem informada, pois teve o cuidado de seguir por um trajeto que desviou as câmeras de segurança instaladas de um lado da rua central da cidade.

Ediglei disse ao portal que não tem dúvida alguma de que o atentado a sua pessoa tem relação com a sua posição de jornalista e político e, que, portanto, trata-se de um “atentado à democracia”. A Polícia Militar (PM) esteve no local para prestar assistência ao jornalista e prefeitável.

Ediglei disse que está tranquilo, apesar do ocorrido e que vai continuar fazendo o seu trabalho que é de primordial importância para manter a população do município informada com assuntos de interesse público.

Ele é pré-candidato a prefeito por uma ala da oposição e tem feito um jornalismo investigativo, onde desnuda a atual gestão da cidade.

O jornalista, no entanto, não disse qual a bomba que prometeu detonar sobre os bastidores da política, que anunciou antes estourar nesta noite.

COM INFORMAÇÕES DO HELENO LIMA

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta