Homem é esfaqueado durante festa de aniversário da filha em CG e morre

O vigilante Cláudio Silva Renovato, de 53 anos, sofreu uma facada no peito e morreu nesse domingo (14) no Hospital de Trauma de Campina Grande. A vítima comemorava o aniversário de 23 anos da filha mais velha, quando se desentendeu e acabou dando um soco em um sobrinho da esposa dele. O cabeleireiro Cícero Rafael da Silva, de 25 anos, prometeu se vingar. Ele saiu do local e depois voltou armado com uma faca. Ele desferiu um golpe no peito de Cláudio. Detalhe: o filho mais novo do vigilante, de apenas cinco anos, viu tudo.

A vítima ainda chegou a ser socorrida para o Hospital de Trauma pelo SAMU mas não resistiu a gravidade do ferimento e acabou morrendo. Vítima e suspeito eram vizinhos e moravam no bairro do Alto Branco. O cabeleireiro foi preso e encaminhado para a Central de Polícia de Campina Grande.

Segundo a esposa da vítima, o desentendimento aconteceu por um motivo banal. É que o jovem teria chegado abraçando o vigilante, que não gostou e disse que aquilo seria coisa de homossexual. No entanto o jovem continuou brincando e na terceira vez a agressão que originou a tragédia familiar teria acontecido.

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta