Justiça nega registro de vice de Bolinha, mas chapa promete recorrer

A candidata a vice-prefeito pela coligação “Povo forte, cidade livre”, Dra Annelise Meneguesso, teve o registro de candidatura negado pela Justiça Eleitoral. O juiz Alexandre José Gonçalves Trineto, da 17ª zona eleitoral, acolheu uma denúncia de inelegibilidade que foi apresentada por um advogado chamado Vitor Freitas e parecer do Ministério Público Eleitoral.

Em sua decisão o magistrado justificou que a coligação não conseguiu comprovar a desincompatibilização dentro do prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral. Annelise teria continuado atuando como médica da Prefeitura Municipal de Campina Grande até setembro. No entanto, a coligação diz ter provas que mostram o contrário.

No final da tarde desta sexta-feira, a assessoria de comunicação da coligação encaminhou uma nota para a imprensa. Leia na íntegra:

“Em virtude dos últimos fatos que dão conta da notícia do indeferimento da candidatura de Dra Annelise, a assessoria esclarece.

O registro de candidatura da vice da coligação “Povo forte, cidade livre” recebeu decisão de indeferimento nesse primeiro momento, porém ainda há espaço para apresentação de recursos e nossa assessoria jurídica está tratando deste processo.

Iremos recorrer, acreditando na justiça e confiando que em sede de recurso, conseguiremos o deferimento do registro de candidatura de Dra Annelise Meneguesso.”

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta