Na véspera da decisão, “torcedores” depredam carro de diretor do Treze

O diretor de futebol do Treze, Ivandro Cunha Lima (foto), teve o carro depredado por “torcedores” do Galo no início da noite desta sexta-feira (4). Paralelepípedos foram jogados no veículo do diretor, que saia do Estádio Presidente Vargas, no bairro do São José, no momento em que a delegação alvinegra deixava o PV com destino à capital João Pessoa, onde neste sábado (5) o Treze decide a vida na Série C do Campeonato Brasileiro contra o rival Botafogo no Estádio Almeidão. A partida acontece a partir de 17h.

Apesar do susto, Ivandro não ficou ferido. Na rede social Instagram, o diretor retirou a foto do perfil e passou a utilizar uma imagem na cor preta. Até o momento ele ainda não se manifestou publicamente após o episódio. Pessoas próximas ao dirigente informaram que após o fato ele foi para casa e ficou com seus familiares.

O Treze é o penúltimo colocado do Grupo A da Série C com apenas 18 pontos em 17 jogos. Para se livrar do rebaixamento, o Galo precisa vencer o fora de casa Botafogo por qualquer placar. Já o Belo joga pelo empate para se manter na Terceira Divisão e ainda jogar o maior rival para a Série D.

O dia de ontem foi tenso para os dirigentes do Galo. É que antes de sair de Campina Grande os jogadores chegaram a ameaçar não viajar, segundo o GloboEsporte.com, porque estão com os salários atrasados. Após longa negociação e o pagamento de 50% dos valores em atraso os jogadores resolveram defender o clube na última rodada da primeira fase da Série C do Brasileiro.

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta