Perícia afirma que adolescente morto em rebelião estava algemado e com várias perfurações

O adolescente morto em uma rebelião na tarde desta segunda-feira (3), no Centro Socioeducativo de Mangabeira, estava algemado e com várias perfurações pelo corpo. A informação foi dada pela perita criminal Amanda Melo.

Segundo a perita, a vítima foi retirada da cela e estava no pátio da unidade. Segundo informações preliminares, o jovem estava sob ameaça.

Após a rebelião, a Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac) vai abrir processo administrativo para investigar a motivação do tumulto ocorrido no Centro de Atendimento Socioeducativo Edson Mota (CSE).

O delegado Diego Garcia, informou que uma apuração segue sendo feita para saber o que causou a morte do jovem e os autores.

Com Click PB

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta