Vereador sente dificuldades na pele e pede mais tempo para integração temporal em Campina Grande

Em meios às discussões sobre a crise no transporte público e o quadro do serviço em Campina Grande, o vereador Waldeny Santana (Democratas), fez uma inspeção ao Terminal de Integração e circulou em uma das rotas na manhã desta quarta-feira (12), logo após o encerramento da sessão na Câmara Municipal.

Para o parlamentar, as condições do terminal e dos ônibus são satisfatórias e os trajetos médios percorridos pelas rotas, relativamente curtos. Pela avaliação de Waldeny, tanto daquilo que constatou quanto a partir das conversas com funcionários e usuários do sistema, alguns pontos podem ser melhorados.

“É preciso assegurar o asfaltamento das vias por onde os ônibus trafegam, algumas das quais ainda estão apenas em calçamento. Um outro ponto a ser considerado é a possibilidade de ampliação do prazo para a integração temporal, conforme inclusive pedem os usuários”, avaliou.

Preocupação

Segundo o vereador, a crise do transporte público é uma ameaça grave, pois coloca em risco o atendimento a milhares de pessoas somente em Campina Grande que dependem do serviço diariamente. No entanto, ele lembrou que a prefeitura tem feito sua parte no esforço para auxiliar o sistema a atravessar o atual quadro, que foi agravado pela pandemia.

“O Município concede isenção do ISS e o suporte dos bônus, que é uma medida que beneficia bastante os cidadãos que dependem dos ônibus e que, nesse momento difícil da economia, podem reduzir pela metade do gasto com a passagem, uma ação de auxílio ao sistema, mas, sobretudo, de  grande impacto social. Agora, é hora de o Governo do Estado também fazer sua parte e vamos cobrar isso”, explicou.

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta