Jornalista e professora, Adriana Braz morre vítima de Covid-19 em Campina Grande

A professora e jornalista Adriana Braz de Souza faleceu na manhã desta sexta-feira (14) vítima de Covid-19. Ela estava internada no Hospital Municipal Pedro I. A secretaria de Educação do Município lamentou a morte precoce da profissional, que trabalha na rede pública de ensino.

“Adriana parte muito cedo, aos 50 anos de idade, sendo 29 deles dedicados à Educação Municipal. Atualmente, a professora – que era também jornalista- ocupava o cargo de gestora-adjunta da Escola Municipal José Guilhermino, no bairro Velame”, diz nota da secretaria.

“Neste momento de dor, a Seduc se solidariza com familiares e amigos e reafirma o orgulho por Adriana Braz ter feito parte da história da Educação de Campina Grande, com exemplos de dedicação e amor à causa”, completa a nota.

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta