Congresso rejeita PEC do voto impresso; Veja como votaram os deputados paraibanos

Foi rejeitada, na noite desta terça-feira (10), pelo plenário da Câmara dos Deputados, a Proposta de Emenda à Constituição 135/19. Os parlamentares rejeitaram a PEC do voto impresso em primeiro turno. Foram 229 votos favoráveis, 218 contrários e uma abstenção.

Com o resultado, que não alcançou o suficiente para ser votada em segundo turno, que é 308 votos, a proposta foi arquivada.

Três deputados paraibanos votaram a favor da Proposta de Emenda à Constituição 135/19, que determinava a impressão de “cédulas físicas conferíveis pelo eleitor”. Edna Henrique (PSDB), Julian Lemos (PSL) e Ruy Carneiro (PSDB votaram a favor da PEC do voto impresso. Já Damião Feliciano (PDT), Frei Anastácio (PT), Gervásio Maia (PSB), Pedro Cunha Lima (PSDB) e Welington Roberto (PL) votaram contra.

O texto original da PEC, de autoria da deputada Bia Kicis (PSL-DF), determinava a impressão de “cédulas físicas conferíveis pelo eleitor” independentemente do meio empregado para o registro dos votos em eleições, plebiscitos e referendos.

Em discurso a favor da PEC, a autora reclamou que o rumo do debate foi “completamente desvirtuado”.

Com Portal T5

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta