MPF investiga compra de vaga no curso de medicina da UFPB por R$80 mil

O Ministério Público Federal está investigando uma possível compra de vaga no curso de medicina da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). De acordo com a denúncia, um estudante, que ingressou no primeiro período do curso no segundo semestre de 2021, teria pago R$ 80 mil para conseguir a vaga.

Conforme o MPF, o mesmo estudante já responde em processos tributários e foi preso pela Polícia Civil na operação Orange, realizada em 2017, que investiga um esquema criminoso de sonegação fiscal, que gerou um prejuízo de R$ 30 milhões ao estado. O MPF deu um prazo de dez dias para que a universidade se pronuncie.

A denúncia foi realizada no dia 29 de julho. Uma cópia do documento foi encaminhada à instituição e assinada pelo procurador da república, José Godoy Bezerra de Souza, na última segunda-feira (9).

De acordo com o reitor da UFPB, Valdiney Gouveia, as informações estão sendo levantadas para checar a veracidade da denúncia. “Esperamos contribuir no prazo de dez dias”, declarou. Ainda conforme o reitor, o aluno ainda não iniciou o curso.

Com G1 PB

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta