Vacinação atrasa e volta as aulas em CG deve ficar para o dia 20

As aulas presenciais da rede municipal de ensino de Campina Grande devem ser retomadas no dia 20 de setembro, segundo informou o secretário municipal de Educação, Asfora Neto, nesta quarta-feira (8).

De acordo com o secretário, o retorno das aulas, que estava previsto para o dia 13 de setembro, foi adiado para o dia 20 deste mês, em virtude de um atraso na aplicação da segunda dose da vacina Astrazeneca nos profissionais da educação. A volta das atividades em creches e escolas tinha como requisito a aplicação das segundas doses das vacinas contra a Covid-19 nos profissionais.

“O retorno dependia do avanço da vacinação, especialmente, da segunda dose da vacina AstraZeneca, que foi a vacina aplicada em mais de 90% dos nossos profissionais [da educação]. Justamente na semana que estava sendo aplicada essa D2, houve um atraso nessa vacinação. O Sintab (Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema) fez uma assembleia e a categoria pediu que esse tempo fosse contabilizado na programação de retorno [das aulas]”, disse o secretário.

As aulas devem acontecer no formato híbrido e gradativo com, no máximo, 50% de cada turma de volta ao ambiente escolar. De acordo com o planejamento municipal, um rodízio semanal pode ser feito para que todos os estudantes possam retornar para as salas de aula.

Os alunos têm direito ao retorno, mas nenhum deles é obrigado. As atividades remotas pela internet e TV serão mantidas. Outra medida adotada pela prefeitura é a realização de uma busca ativa pelos estudantes matriculados, mas que não e estão interagindo com a escola.

Com G1 PB

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta