Galego do Leite não crava candidatura, mas pode disputar cadeira na Câmara Federal

Ex-vereador em Campina Grande (2012 e 2016), além de primeiro suplente do Podemos na Câmara Municipal de Campina Grande, Galego do Leite, que está secretário de articulação municipal do Governo do Estado da Paraíba, pode disputar uma cadeira na Câmara Federal em 2022. Foi o que ficou claro em entrevista concedida por ele ao programa Revista 101 da Rádio Cariri na tarde desta quinta-feira (16).

Questionado se seria candidato a deputado estadual ou federal ele disse que essa decisão dependeria do seu grupo político. No entanto, quando questionado sobre qual seria sua preferência de disputa, Galego desconversou e disse que no momento “a preferência é pelo trabalho”.

O que é certo é que o secretário não deve seguir no Podemos. “Não me sinto mais nas articulações, naquilo que o Podemos pensa para 2022. Eu entrei e sairei pela porta da frente”, disse.

Derrota em 2020

Sobre as eleições de 2020, quando ficou na primeira suplência a uma cadeira na Câmara Municipal de Campina Grande, Galego disse não ter se sentido abandonado pelo seu grupo político. “Não, em momento algum. Isso é um ciclo natural. Quem nos acompanha sabe como a gente fez e faz campanha. Deu certo em 2012, deu certo em 2016… são ciclos que vão passando. Fiquei na primeira suplência. Não me sinto abandonado e nem derrotado”, completou.

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta