Reflexões sobre o câncer de mama: I Seminário Outubro Rosa é realizado na CMCG

O I Seminário Outubro Rosa aconteceu na noite desta terça-feira (26), na Câmara Municipal de Vereadores de Campina Grande. O evento teve o tema “Reflexões sobre o Câncer de Mama: prevenção, diagnóstico e tratamento”. Foi mais uma ação da Comissão de Saúde e Bem Estar Social, presidida pela vereadora Carol Gomes (Pros).

“Estou muito feliz em poder promover este momento. Aqui não falo apenas como vereadora, mas sim como profissional de saúde. Num contexto onde, pela primeira vez na história do nosso município, temos sete mulheres vereadoras, são extremamente importantes momentos de reflexões sobre saúde da mulher”, disse Carol.

O evento foi realizado em parceria com a ONG Mulheres de Peito, destinada à prestação de serviço social, por meio do mapeamento, acolhimento, diagnóstico e tratamento do câncer. A presidente da ONG, a mastologista Dra. Cristiane Araújo foi a mediadora do evento.

O Seminário teve como expositores Aleksandra Costa, coordenadora de Saúde da Mulher, Dra. Maria do Carmo Costa, mastologista, Dr. Ramoniê Miranda, radiologista, Dr. Wagner Leite de Almeida, patologista, e a Dra. Isley Leite Virginio, oncologista clínica. A promotora de Justiça de Saúde em Campina Grande, Adriana Amorim também participou do momento e destacou a importância da discussão promovida pela Comissão. Também estiveram presentes diversas autoridades e representantes de instituições do município.

Durante o seminário, os especialistas puderam discorrer sobre o câncer de mama desde a prevenção, passando pelo diagnóstico até chegar no tratamento da doença. De forma didática foram levados esclarecimentos ao público presente, bem como aos internautas que acompanharam a transmissão por meio das mídias digitais da CMCG.

“É uma discussão que necessita ser perpetuada o ano todo. Quanto mais falamos sobre o tema, mais vidas podem ser salvas. Seguirei usando esses espaços públicos e humanizando o cenário político para falar sobre saúde em suas mais diversas vertentes”, concluiu Carol.

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta