Harrison Targino garante OAB-PB “plural” e “despartidarizada”, caso eleito

O candidato ao cargo de presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Paraíba (OAB-PB), Harrison Targino, esteve nesta quinta-feira nos estúdios da Rádio Cariri 101 FM falando sobre a reta final da campanha. Em sua participação no programa Revista 101, o advogado e professor universitário assegurou que a pluralidade do ponto de vista ideológico partidário é uma das marcas da composição de sua chapa. Por esse motivo, segundo o candidato, caso seja eleito presidente da OAB-PB, não haverá espaço para partidarização da Ordem.

– Nós temos pessoas de todos os segmentos políticos na composição da nossa chapa. Temos pessoa de direita, de centro e de esquerda. Todas as composições partidárias estão contempladas no nosso grupo e essa pluralidade é e sempre será nossa marca. Não podemos e não vamos permitir que a OAB seja partidarizada, que ela tenha um viés partidário, seja ele de qual lado for – comentou Harrison Targino.

Harrison tem uma trajetória de relevantes serviços prestados à advocacia e a sociedade paraibana e vem, depois de 30 anos, representar a chance de se ter um campinense ocupando o cargo de presidente da OAB-PB. O último campinense a realizar tal feito foi Vital do Rego que exerceu a função de presidente da OAB, seccional Paraíba, entre os anos de 1985 e 1991.

Nomes ilustres como: o advogado e ex-prefeito Felix Araújo, José Fernandes Mariz, ex-presidente da OAB Campina e ex-procurador geral do município, Aécio Sousa Melo, procurador geral do município, Cláudio Killa, advogado, professor e ex-diretor do CCJ UEPB e Gilvania Maciel, ex vice presidente da OAB PB, já manifestaram apoio a Harrison.

Com Notícia 1 Campina

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta