Integrantes de organização criminosa são presos durante confronto com a polícia em Cubati; Líder morreu em troca de tiros

A Polícia Civil da Paraíba prendeu nessa segunda-feira (14), dois homens investigados por compor uma organização criminosa que atua com muita violência contra comerciantes e moradores do Cariri paraibano. Durante a operação policial, que aconteceu no município de Cubati, um adolescente foi apreendido e o chefe do grupo acabou indo a óbito, após entrar em confronto com os policiais.

Duas armas de fogo foram apreendidas, além de munições e pinos utilizados no comércio e consumo de cocaína. De acordo com o superintendente da Polícia Civil na região polarizada por Campina Grande, delegado Glauber Fontes, o grupo vinha sendo investigado há alguns meses, devido aos crimes cometidos na região.

“Para se ter um ideia, o chefe deles, que tombou em confronto, já havia invadido uma delegacia, atirado contra um policial nosso em outra diligência e tinha em seu nome três mandados de prisão em aberto. São indivíduos que vinham aterrorizando a população de Cubati e municípios circunvizinhos”, disse o delegado.

Na avaliação de Glauber, a desarticulação do grupo criminoso deverá resultar na diminuição de crimes na região, apesar de outros componentes da quadrilha – já identificados – estarem em liberdade.

“Mas as prisões realizadas ontem não impedem que as investigações tenham prosseguimentos. Nós estamos fazendo todo um levantamento das pessoas ligadas a este e a outros grupos criminosos da região, e o destino deles será o mesmo. Não tenhamos dúvidas disso”, concluiu o superintendente.

Os dois homens presos e o adolescente apreendido estão recolhidos, à disposição da justiça.

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta