Advogado morre durante sessão da Câmara Municipal de João Pessoa

O advogado José Silveira, de 62 anos, que morreu após discursar em uma sessão especial no plenário a Câmara Municipal de João Pessoa, nesta quarta-feira (20), falava sobre a mobilidade urbana da capital antes de se sentir mal. Durante a sessão especial, o advogado cobrava a criação de uma empresa pública de transporte coletivo em João Pessoa. José Silveira passou mal e foi socorrido pelo Samu.

No seu discurso, que dura aproximadamente cinco minutos, o advogado sugere que haja a execução de uma licitação pública no município de João Pessoa para o emprego de uma empresa pública que administre o transporte coletivo na capital.

“Já faz mais de 30 anos que o mesmo grupo empresarial explora os ônibus da capital, há necessidade de licitação pública para que novas empresas se habilitem a um processo licitatório e venha explorar o transporte público aqui e não uma família sozinha”, ressalta José Silveira.

No momento da sua fala, o advogado cobra os vereadores Marcos Henriques (PT), Coronel Sobreira (MDB) e Junio Leandro (PDT). Em certo momento, José Silveira fala mais alto e começa a ficar ofegante. Após a fala, ela deixa a tribuna e senta novamente.

Durante a fala do vereador Marcos Henriques (PT), que acontece logo após a do advogado, José Silveira diz que está com a respiração ofegante e começa a a passar mal. Os vereadores acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que logo chegou ao local. As pessoas sentadas à mesa tentaram socorrê-lo.

Os profissionais de saúde tentaram reanimar o advogado por aproximadamente duas horas, mas ele não resistiu e morreu, vítima de um infarto fulminante.

O advogado trabalhista José Silveira deixa a esposa e quatro filhos.

Confira a nota divulgada pela CMJP

NOTA DE PESAR

É com grande pesar que comunicamos a morte do advogado José Silveira, de 62 anos. Ele faleceu nesta quarta-feira (20), quando participava de uma Sessão Especial, na Câmara Municipal de João Pessoa, para discutir a Mobilidade Urbana na Capital.

Ele passou mal minutos após discursar em plenário. Silveira deixa mulher e 4 filhos. Advogado destacado, José Silveira dedicou décadas da vida dele à militância no direito trabalhista, notadamente, no atendimento às causas dos profissionais que atuam no transporte coletivo urbano.

Com G1 PB

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta