Leto Viana tem contas reprovadas por uso de “funcionários fantasmas” em Cabedelo

Contas da prefeitura de Cabedelo, relativas ao exercício de 2016, sob a responsabilidade de Leto Viana, foram reprovadas nesta quarta-feira (27) pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB).

De acordo com a auditoria, as irregularidades somam mais de R$ 2 milhões, com destaque para pagamentos a servidores não identificados, os considerados “fantasmas”.

A decisão cabe recurso.

O ex-prefeito foi condenado a 6 anos de reclusão em semiaberto, em 2021, no âmbito da Operação Xeque-mate. Como Leto Viana passou um período aguardando o julgamento preso, esse tempo foi reduzido da pena. Ele recorre da sentença em liberdade.

Portal T5

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta