Em Campina Grande, Lula volta a chamar Bolsonaro de genocida

O ex-presidente Lula (PT) desembarcou na Paraíba e na tarde desta terça-feira (2) discursou, ao lado de religiosos, na cidade de Campina Grande. Na ocasiou, ele voltou a criticar a gestão no período da pandemia e voltou a chamar o atual chefe do executivo de “genocida”. Ele afirmou que Bolsonaro foi responsável por boa parte das mortes por Covid-19 no país.

“O momento que estamos vivendo é muito delicado, porque é uma briga nossa, cidadãos e cidadãs brasileiros, contra um aparelho de estado. Nosso adversário negacionista, que eu chamo de genocida, porque ele vai ter que carregar nas costas a responsabilidade de pelo menos metade das pessoas que morreram pela Covid e poderia ser evitado, ter agido como presidente”, disse.

O encontro aconteceu no auditório de um hotel, na Rainha da Borborema. ele discursou para representantes de diversas religiões. Com a palavra, os líderes religiosos mencionaram a importância da unidade e tolerância dentro da diversidade política, religiosa, esportiva e cultural.

Na ocasião estavam Janja, esposa do ex-presidente, o senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB), pré-candidato ao governo da Paraíba e o ex-governador Ricardo Coutinho (PT), pré-candidato ao Senado.

Em seu discurso, Lula ainda falou sobre a escolha de seu vice, o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

“Nós não precisamos ser iguais. Eu para mostrar aos meus companheiros a importância de trazer o Alckmin para ser meu vice, eu utilizei uma fala de Paulo Freire, que fique guardado para vocês: tem hora que é preciso unir os divergentes para que poder derrotar os antagônicos”, discursou.

O pré-candidato à Presidência da República ainda disse que há uma luta para recuperar o sentimento de humanidade e solidariedade.

“O que nós estamos fazendo é uma luta titânica para recuperar a democracia do nosso país, para recuperar o humanismo, a solidariedade, o amor entre nós. É para isso que nós somos humanos, por isso que somos diferentes”.

Após o evento no auditório do hotel, Lula e sua comitiva seguiram para o Parque do Povo. Lá ele anunciou publicamente seu apoio à pré-candidatura de Veneziano Vital (MDB) ao governo da Paraíba.

Vale lembrar que o MDB tem pré-candidatura própria para a Presidência da República, com Simone Tebet encabeçando a chapa. Já o pré-candidato a vice na chapa de Lula, Geraldo Alckmin, apoia a pré-candidatura de João Azevedo (PSB) ao governo do estado.

Com Portal T5

Paulo Pessoa Autor

Deixe uma resposta